Publicidade

segunda-feira, 22 de abril de 2013 Tênis Brasileiro, Tênis Feminino, Tênis Masculino | 01:50

Na Turquia

Compartilhe: Twitter

Uma coisa de cada vez. E começamos pelo o que é mais importante para nós brasileiros. Eu sempre achei que os ares da Turquia faz um bem danado. Poucos anos atrás passei um mês por lá e foi uma das melhores viagens que já fiz. O que me fez bem então fez muito bem também a dois jovens tenistas brasileiros.

Bia Maia, que completa 17 anos o mês que vem, ganhou mais um torneio profissional – é o seu quarto e o segundo em 2013 – desta vez na cidade de Antalya, na maravilhosa costa do Mar Egeu. Duvido que Bia tenha tido muito tempo para ver muita coisa por lá, além das quadras de terra tão verdes quanto o mar da região. A cidade é a “capital” da riviera turca e um lugar maravilhoso para passear. São três torneios seguidos no mesmo local, no mesmo Belconti Resort Hotel – este foi o segundo – na semana passada Bia perdera nas quartas de final.

Quem fez ainda melhor uso ainda dos ares turcos é o cearense Thiago Monteiro, 19 anos, que venceu o seu segundo torneio consecutivo – teve que passar pelo qualy em ambos! – no mesmo local onde Bia venceu. É também o quarto título da carreira profissional de Thiago. Além das coincidências turcas, ambos são canhotos e considerados esperanças da nova geração do tênis brasileiro.

Não tão importante, mas tão excitante, pelo menos para mim e alguns colegas, foi a conquista neste fim de semana, do interclubes de 60-65, pelo Clube Pinheiros, batendo na final o eterno rival Paulistano. O confronto foi decidido na bacia das almas (3×2), nas duplas, esta com a parceria Cleto e o colega Romeu Barbosa. Vou dormir como um anjo, com meus sonhos protegidos e embalados pela deusa Nike, que também guardará e iluminará os sonhos da Bia, do Thiago e do Novak, sobre quem escreverei amanhã. Boa noite.

Autor: Tags: ,