Publicidade

domingo, 16 de setembro de 2012 Copa Davis | 12:04

Japão x Israel

Compartilhe: Twitter

Tenho sérias dificuldades com os ideogramas japoneses, e assim para saber porque Enma-Ho o capitão deles deixou de fora o Nishikori, que é #16 do mundo, no 1º dia do confronto, e escalou o Ito que é #67, e tomou um cascudo do israelense Amir Weintraub, que é #223 do ranking! (Na verdade, Nishikori ficou de fora por dores no ombro) Esse rapaz, que já tem 26 anos e deve ser figurinha carimbada nos torneios menores, porque nos maiores não o é, se tornou o herói da semana ao vencer também o quinto jogo, batendo o Soeda em cinco sets. Como é que o #223 bate o #53 na partida final, na casa do oponente? Se acontece aqui eles lincham o Bellucci.

Os samurais vão chorar uma semana, porque é incompreensível perder em casa, com o time que eles tem, para os israelenses e seu time. O tal do Wientraub, a quem nunca vi mais gordo, pegou o bambu e encheu de lambadas os homens das katanas. A vergonha vai fazer os japas subitem ao Fuji e pensarem várias vezes antes de descer. O Wientraub eu até entendo, porque a Davis tem o poder de inspirar grandes feitos no atletas, e essa sua grande mágica. Mas o Nishikori não jogar no 1º dia, jogando e ganhando do Sela no 3º dia no 5o set em mais de 4h de jogo, o tal de Ito tomar três setinhos e o Soeda perder o jogo decisivo em quatro é mais difícil de entender. É a Davis!

Wientraub – herói israelense

Autor: Tags: