Publicidade

segunda-feira, 28 de maio de 2012 Tênis Feminino | 09:37

Aza tremeu, mas passou

Compartilhe: Twitter

Cai da cama, após um fim de semana puxado, pelo menos no quesito estrada, liguei a TV lá pela 7.30 e a Azarenka, #1 do mundo, estava no meio de um papelão. Perdeu o 1o set 7/6 e perdia por 4/0 para a italiana Alberta Brianti. Estava a dois games da grama.

Em uma demonstração da mais pura ignorância, só dava pancada nas bolinhas, errava todas ! No fundo, era estresse de 1a rodada da principal favorita, ela que ainda não tem grandes resultados na terra. Não vou dizer que o fato de ter contratado logo a Mauresmo, que tremia mais do que vara verde em RG tinha algo a ver, porque seria maldade.

A partir do 4×0 a Brianti achou que iria desclassificar a melhor do mundo só cozinhando em banho maria. Dançou! Aos poucos, a outra foi armazenando pontos, tirando um pouco a mão da bola – e que mão pesada tem a bieolorussa – entrando no placar.

A italiana ficou mais paralisada do que transito em véspera de feriado, olhou a banda passar e perdeu por 6/7 6/4 6/2. Ou seja, a partir do momento que acordei a partida foi 12/2 para a Aza. Agora a moça terá que conversar um bocado com seu técnico e com sua guru Mauresmo (noossaaa!), mas o pior já passou. Conseguir virar um jogo desses na 1a rodada dá uma injeção de confiatrix.

Autor: Tags: