Publicidade

sexta-feira, 22 de julho de 2011 Tênis Masculino | 13:56

MÃOS AO AR

Compartilhe: Twitter

Eu fiquei sabendo sobre o assunto no portal do iG. Logo depois começou a reverberar aqui no Blog.

Não é a primeira, e pelo jeito não será a ultima, vez que um atleta, ou mesmo um dirigente, ou uma figura publica qualquer, se borra com suas tuitadas. Não é à toa que o Mano Menezes – por que diabo que ele tem esse nome? – proibiu os jogadores de tuitar durante a Copa América. O pessoal esquece de tomar o simancol pela manhã e passa o dia fazendo pasteladas.

Para quem ainda não sabe, não estou escrevendo sobre nenhum boleiro e sim sobre o sérvio Janko Tipsarevic. O rapaz, provavelmente na empolgação de mais uma vitória na Copa Davis, alguns dias de piscinas em Dubai, colocou um post em seu Facebook que causou o maior auê. A foto usada é a primeira, aqui ao lado. O texto que acompanhava era algo do tipo: “o quanto Nadal pagaria?”. Os dois juntos falam por si e não precisam de maiores explicações para os fãs do tênis.

Como podemos ver pela segunda foto, dele Janko com o Troicki que retirei de sua página do Face, o pessoal é doidinho da silvaxavier. Quando se juntam pode, e deve, rolar qualquer coisa. Sabe-se lá qual era a idéia deles – Janko e Novak – ao encenar a foto. Também não sei dizer se ao encenar já tinham o texto em mente. Mas imagino que não tinham o resultado.

O fato é que, até pelo desenrolar da coisa, o tiro saiu pela culatra. Logo depois de publicar – não sei quanto tempo – ele o retirou. Mas o que cai na net não some nunca mais como tantas boas meninas descobriram. O caso reverberou e Janko tenta agir como se nunca existiu, não o explicando nem no Face nem no Twiter. O único resquício é um tuíte seu chamando a atenção de outros tuiteros: “aos idiotas que pensam que endosso armas e não respeito esses dois campeões, por favor não me sigam mais e parem de deixar comentários idiotas” Os comentários não estão lá, mas dá para ver que a coisa ficou feia – os fãs do Nadal não são nada mansos.

O que parece claro, mais uma vez, é que o atleta não dimensionou a brincadeira, levou um puxão de orelhas de alguém e após passar a bebedeira caiu na real (em um dos seus recentes tuítes ele diz: “ressaca é a maneira de Deus lhe dizer que você chutou o pau da barraca na noite anterior”).

A brincadeira foi daquelas inofensivas enquanto feitas entre quatro paredes e entre amigos, porém que toma outro rumo, e mesmo outras conotações, quando vem a publico e para a avaliação de todos.

Autor: Tags: ,